Os Olimpianos RPG
Faça seu login ou inscreva-se para jogar conosco. Antes de se inscrever, tenha certeza de ler todos os links da Central e obedecer todas as regras até a ficha de inscrição. Agradeço a atenção.

Chalé 7 - Apolo

Página 4 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ir em baixo

Chalé 7 - Apolo

Mensagem  Administração em Ter Jan 18, 2011 8:21 pm

Relembrando a primeira mensagem :

O chalé 7 parece ser feito de um ouro sólido que reluz tanto à luz do sol que é quase impossível de se olhar diretamente. O número 7 de latão está pregado na porta.
Por dentro as paredes são de um leve amarelo, com arcos e flechas pendurados em algumas paredes ou largados perto das camas, com uma pequena estante de livros de poesia e haicais.
No teto e no chão, há um desenho do sol, com quatro dos raios bem maiores do que os outros, e parecia ser feito de ouro. Há seis beliches no quarto, todos juntos no lado direito.


Última edição por Narração/Administração em Qua Jun 22, 2011 5:46 pm, editado 2 vez(es)
avatar
Administração
Admin

Mensagens : 462
Pontos : 7073
Reputação : 73
Data de inscrição : 16/01/2011
Localização : Ribeirão Preto, SP

Ver perfil do usuário http://osolimpianosrpg.forumaqui.net

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Chalé 7 - Apolo

Mensagem  Laís Massoglia em Ter Jun 05, 2012 8:45 pm


in time we'll kiss the world goodbye, falling down on all that I've ever known, is all that I've ever known

you tell me that you need me then you go and cut me down [...]
Cheguei ao meu chalé rapidamente depois da conversa com Naiely, o chalé estava vazio e sinceramente, achava melhor assim, porque, estranhamente, não tenho tanta intimidade com meus meio-irmãos quanto deveria. Mas de qualquer maneira... Assim está melhor, o chalé vazio, apenas eu e eu. Minha primeira reação foi ir até o espelho que havia no chalé, pegar uma tesoura que havia em cima de uma dos beliches e cortar o cabelo. Obviamente, eu fiz um corte bem simples, apenas cortei as pontas, porque afinal não sou uma cabeleireira profissional e nem quero fazer algo radical nele. E vendo o resultado final, os cabelos pouco acima dos ombros, a franja um pouco menor e até com um brilho melhor do que antes, me senti realmente satisfeita com tudo. Não me importo com a aparência, mas, eu acho que estava na hora de mudar. Bem melhor. - comentei comigo mesma, ainda me olhando no espelho, sentada em uma das camas do chalé. - Eu queria que você estivesse me vendo agora. Engoli em seco. Mas ela não podia ver e nunca nem veria, ao menos se eu me... matasse. Balancei a cabeça negativamente. Não, não... Eu não podia pensar em uma coisa dessas. Me matar agora? Agora? Não. Mas também não posso negar que já pensei nisso, em um ponto bem, bem distante de mim, principalmente na época do Caos. Fechei os olhos. Pensar nisso. - disse, respirando fundo. - Agora. Não. Olhei para a tesoura no meu lado. Lâminas grandes, prateadas, cortantes e agora, bizarramente, possuíam um estranho brilho doentio nelas nesse momento. Peguei novamente a tesoura, passando as pontas dos dedos na lâmina e analisei-a atentamente. Às vezes eu tenho vontade de usar você para outras coisas sem ser para o cabelo. - comentei com os olhos doendo. - Às vezes, às vezes...

I can be your star, let me take a hit of it, gimme just a little bit, I can be your lie today
avatar
Laís Massoglia
Semideus

Mensagens : 446
Pontos : 4637
Reputação : 29
Data de inscrição : 17/01/2011
Idade : 24
Localização : Santos, SP

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
10/10  (10/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 7 - Apolo

Mensagem  Bianca Johnson em Ter Jun 05, 2012 9:00 pm

In your eyes, your eyes, I can see in your eyes... You make me wanna die. Will I never be good enought for you?

Bianca Jonhson § Level 10 § Daughter of Athena

Estava me sentindo solitária, e até confusa, em meu chalé, pensando no que acontecera com Bethany. Tentara ir até o chalé de Sophie, mas ela não estava lá. Pensei em ir ao chalé de Ares, mas, se Elizabeth estivesse lá, eu acho que não me aguentaria, e brigaria com ela. Portanto, vaguei sozinha pelo Acampamento, até me lembrar de uma velha amiga. Chegando ali, na porta do chalé de Apolo, dou três batidas na porta. Será que ela ainda me considera uma amiga, depois de todo esse tempo sem nos falarmos?



Formatação por: Agnes (Bethany Bloom)
avatar
Bianca Johnson
Semideus

Mensagens : 532
Pontos : 1105
Reputação : 12
Data de inscrição : 05/03/2011
Idade : 21
Localização : Acampamento Meio-sangue

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
9/10  (9/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 7 - Apolo

Mensagem  Laís Massoglia em Ter Jun 05, 2012 9:18 pm


in time we'll kiss the world goodbye, falling down on all that I've ever known, is all that I've ever known

you tell me that you need me then you go and cut me down [...]
Parando de passar as pontas dos dedos nas lâminas, arregacei a manga da fina jaqueta que estava usando por cima da blusa do acampamento, deixando à mostra uma parte do pulso e coloquei a tesoura na carne. Não sabia o que estava fazendo, era algo inconsciente e sem razão, mas uma parte de mim queria fazer aquilo. Estou cansada de ser quebrada, alguém dizia na minha cabeça, estou doente de tudo. Forcei a lâmina um pouco mais na pele. Você não pode lidar com isso ou então vai enlouquecer aos poucos sem ao menos saber. Então, ouvi três batidas. Com um sobressalto, pulei da cama e larguei a tesoura no chão. Olhei para o pulso; havia apenas uma marca quando se força algo medianamente na pele, deixando-a levemente avermelhada, mas nada demais. Dei um suspiro e coloquei as mãos sobre a cabeça, sentindo uma dor forte vindo por aí, pisquei os olhos umas duas vezes e com outro suspiro, caminhei até a porta. Quem eu vi, me surpreendi e forçando os lábios, abri um sorriso. Oi, Bia. - disse, por fim. - Quanto tempo. Vem, entra... Não forcei o sorriso porque não queria vê-la, pelo contrário, eu apenas não queria sorrir pra ninguém. Com um aceno de mão, mostrei uma cama para minha velha amiga se sentar enquanto eu subia no meu beliche e olhei para ela apreensiva, guardando rapidamente a tesoura em baixo do travesseiro. Disfarçando, comecei a falar alegremente: Bia, quanto tempo, né? - disse de modo feliz, mas minhas palavras eram puramente sinceras. - E ah, eu queria mesmo falar contigo...

I can be your star, let me take a hit of it, gimme just a little bit, I can be your lie today
avatar
Laís Massoglia
Semideus

Mensagens : 446
Pontos : 4637
Reputação : 29
Data de inscrição : 17/01/2011
Idade : 24
Localização : Santos, SP

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
10/10  (10/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 7 - Apolo

Mensagem  Bianca Johnson em Ter Jun 05, 2012 9:33 pm

In your eyes, your eyes, I can see in your eyes... You make me wanna die. Will I never be good enought for you?

Bianca Jonhson § Level 9 § Daughter of Athena

Me sento na cama, feliz por ela ainda me considerar sua amiga. Sobre o que? Pergunto. Ela ainda é mais ou menos como eu me lembro, mas há algo nela que está... diferente. Como se a luz que costumávamos ver nela, tivesse ido embora. Me lembro que ela havia me recebido no dia que cheguei aqui. Eu ganhei dela em uma luta, e então eu perdi feio no arco e flecha. Me lembro que ela viu minha fase "rebelde", quando eu brigava com todo mundo nesse Acampamento. Sei que mudei. Mas acho que ela nem sabe disso, já que não nos vemos desde... Bem, nem sei quando. Tempo demais, acho que é a resposta. Como vão as coisas? Pergunto, distraída, olhando pelo chalé.



Formatação por: Agnes (Bethany Bloom)
avatar
Bianca Johnson
Semideus

Mensagens : 532
Pontos : 1105
Reputação : 12
Data de inscrição : 05/03/2011
Idade : 21
Localização : Acampamento Meio-sangue

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
9/10  (9/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 7 - Apolo

Mensagem  Laís Massoglia em Ter Jun 05, 2012 9:51 pm


in time we'll kiss the world goodbye, falling down on all that I've ever known, is all that I've ever known

you tell me that you need me then you go and cut me down [...]
Preciso de sua ajuda com uma arma. - respondi sem mais de longas. - Com um arco e flecha. Então, saltando sobre a cama fui até um criado mudo e retirei de cima o arco e flecha junto com a aljava que peguei a pouco tempo no arsenal. Depois, vendo que Bianca passou o olho para o arco até metade da tesoura que agora estava a mostra em baixo do travesseiro, subi rapidamente o beliche e peguei a tesoura depois colocando em uma das gavetas do criado mudo desajeitadamente. Disfarçando, comecei a dizer: Então, eu queria que você modificasse algumas coisas do arco. - disse pouco confortável, mas depois, relaxando mais, estendi as flechas para ela. - E mais uma coisa: você conseguiria colocar mini explosivos nessas flechas? Ao toque pesado de qualquer objeto ou pessoa, ou seja, uma colisão, ela explodir em milhões de pedacinhos saindo fagulhas para todos os lados? Incluindo o alvo? Tipo, realmente torna-las um detonador? Disse animando o tom de voz a cada palavra, de um jeito meio forçado, mas me animei. Apesar de ainda ter uma angústia infiltrada no peito e com medo de que ela entendesse a tesoura em baixo do travesseiro de outro modo. Mas o que ela poderia pensar sobre? Realmente não sei.

I can be your star, let me take a hit of it, gimme just a little bit, I can be your lie today
avatar
Laís Massoglia
Semideus

Mensagens : 446
Pontos : 4637
Reputação : 29
Data de inscrição : 17/01/2011
Idade : 24
Localização : Santos, SP

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
10/10  (10/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 7 - Apolo

Mensagem  Bianca Johnson em Ter Jun 05, 2012 10:02 pm

In your eyes, your eyes, I can see in your eyes... You make me wanna die. Will I never be good enought for you?

Bianca Jonhson § Level 9 § Daughter of Athena

A tesoura, na verdade, não me chamara a atenção. Mas o jeito que ela fazia, como se fosse um segredo... Com certeza, havia algo errado com ela. Vou tentar, Laís. Vou fazer o que eu puder. Digo, e, de repente, algumas palavras escapam de meus lábios. Você sabe que sou sua amiga, certo? E que pode contar comigo não importa para o que for? Não consigo contê-las antes que saiam. Fico com medo de como ela irá interpretar o que eu disse, e o meu olhar no criado-mudo. Mas ela precisa de ajuda. E eu estou disposta a ajudá-la sem me importar com qual é o seu problema.



Formatação por: Agnes (Bethany Bloom)
avatar
Bianca Johnson
Semideus

Mensagens : 532
Pontos : 1105
Reputação : 12
Data de inscrição : 05/03/2011
Idade : 21
Localização : Acampamento Meio-sangue

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
9/10  (9/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 7 - Apolo

Mensagem  Laís Massoglia em Ter Jun 05, 2012 10:16 pm


in time we'll kiss the world goodbye, falling down on all that I've ever known, is all that I've ever known

you tell me that you need me then you go and cut me down [...]
Assenti com suas palavras e entreguei as flechas e o arco para ela, então, rapidamente acrescentei para deixar bem claro: Você já deve saber, sobre a Bethany e a... - "a suposta morte dela", ou então, "e a Elizabeth", mas eu não conseguiria dizer nenhuma dessas palavras, então, resolvi deixar em branco vendo que ela já entendia. - Então eu preciso desse arco o mais rápido possível, pois em breve, talvez amanhã mesmo, sinceramente não sei, iremos partir para ir em busca dela. Você vai, né? Obviamente sim, como antigamente, todos os amigos juntos em uma só missão. É, como antigamente. Sem perceber, olhando para minhas próprias mãos, vi que ao ouvir sua pergunta final estava ficando pálida. Levantei a cabeça lentamente, com os lábios tremendo dei um riso nervoso, balançando a cabeça em sinal positivo. Sei, Bia. Eu sei. - afirmei enquanto ia subindo novamente o beliche, então, me sentando, a encarei lá de cima. - Mas porque me diz isso agora? Eu não preciso de nada, estou bem, só... Sabe como é, receber a notícia que uma de suas melhores amigas pode estar morta... - completei com a meia mentira, falhando na última palavra. Meia mentira porque realmente o desaparecimento de Bethany me abalou, mas havia mais por trás disso, coisas que até eu mesma não entendo porque estou sentindo. Eu apenas quero ir para outro lugar, sumir do mundo, dar um tempo. Eu sei, eu sei. Tá tudo errado e qualquer decisão que eu fizer irá piorar, seja lá qual for. Mas desaparecer do mapa está se tornando uma das minhas especialidades e sinceramente, acho que ninguém se importa. E talvez nem deveriam.

I can be your star, let me take a hit of it, gimme just a little bit, I can be your lie today
avatar
Laís Massoglia
Semideus

Mensagens : 446
Pontos : 4637
Reputação : 29
Data de inscrição : 17/01/2011
Idade : 24
Localização : Santos, SP

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
10/10  (10/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 7 - Apolo

Mensagem  Bianca Johnson em Ter Jun 05, 2012 10:48 pm

In your eyes, your eyes, I can see in your eyes... You make me wanna die. Will I never be good enought for you?

Bianca Jonhson § Level 9 § Daughter of Athena

Deixo o assunto temporariamente de lado, mas Laís mente absurdamente mal. Tenho que ficar de olho nela. Ouço ela falar sobre Bethany, e então, uma pergunta que vem atormentando minha cabeça acaba por ser dita. Você acha que foi ela? Que foi Elizabeth? Será que... Que ela nos traiu de novo? Apesar de ter ignorado Liz, ela ainda era alguém que eu confiara, anos atrás. Doía meu coração saber as transformações que ocorreram, as besteiras que ela fez. Ela sempre fez as coisas erradas, Laís. Pelos motivos certos. Será que ela está fazendo isso de novo?



Formatação por: Agnes (Bethany Bloom)
avatar
Bianca Johnson
Semideus

Mensagens : 532
Pontos : 1105
Reputação : 12
Data de inscrição : 05/03/2011
Idade : 21
Localização : Acampamento Meio-sangue

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
9/10  (9/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 7 - Apolo

Mensagem  Laís Massoglia em Qua Jun 06, 2012 6:59 pm


in time we'll kiss the world goodbye, falling down on all that I've ever known, is all that I've ever known

you tell me that you need me then you go and cut me down [...]
Ouvi sua pergunta engolindo-a aos poucos, inicialmente só ouvi ela dizendo algo, mas não entendi exatamente o que. Então, segundos depois, a pergunto se formulou automaticamente na minha cabeça. Dei de ombros e arqueei uma das sobrancelhas. Eu não posso dizer nada, mas você já deve saber porque nem eu mesma faço questão de esconder de que não confio na Elizabeth. - respondi curta e grossa. - Mas eu sinceramente não sei. E se ela nos traiu de novo, mais um para lista de burradas dela, porque não era ela mesma que dizia querer novamente nossa confiança? Parei um pouco de falar, listando mentalmente tudo que ela já fez para o Acampamento, que eu me lembre, ela nunca fez nada diretamente para mim. Mas, tanto faz, isso não me faz gostar dela. Suspirando fundo, acrescentei: Fala com ela, converse com ela, mas não chegue brigando ou algo do tipo como qualquer um faria se fosse falar com ela nesse momento. - respondi, pensando que até eu mesma não conseguiria falar normalmente com Elizabeth. - Seja diferente. Ouça ela mas não negue esforços para criticá-la em alguns pontos, mas não julgá-la ao todo. Eu sabia que isso não era fácil para Bianca, por ela ter sido a melhor amiga dela, mas foi essa mesma pessoa que matou Riley, a irmãzinha de Bethany e também quase me matou na floresta. Agora eu me lembrava; minha amiga possuída, ela com o cão infernal, um garoto me ajudando e eu levando um murro. Coisas assim. E para acrescentar, esse garoto está morto e faz anos. Me ajustando na cama, encarei Bianca séria e continuei a falar com o mesmo tom de voz equilibrado: Descubra se ela é uma dissimulada ou uma manipulada. - disse. - Mas saiba, ambos são dignos de ódio ou de pena. Se Elizabeth fosse mesmo uma "inocente", não sei realmente se o ódio de todos diminuiria por ela, provavelmente não.

I can be your star, let me take a hit of it, gimme just a little bit, I can be your lie today
avatar
Laís Massoglia
Semideus

Mensagens : 446
Pontos : 4637
Reputação : 29
Data de inscrição : 17/01/2011
Idade : 24
Localização : Santos, SP

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
10/10  (10/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 7 - Apolo

Mensagem  Bianca Johnson em Qua Jun 06, 2012 7:33 pm

In your eyes, your eyes, I can see in your eyes... You make me wanna die. Will I never be good enought for you?

Bianca Jonhson § Level 9 § Daughter of Athena

Olho para baixo, para minhas próprias mãos. Não sei se conseguiria falar com ela. O que ela fez com todos nós é horrível mas... É pior pra mim. Eu fui a primeira a confiar nela, e a última a deixar de confiar. Olho para Laís, com um sorriso falso nos lábios. Às vezes me pergunto como não percebi nada.



Formatação por: Agnes (Bethany Bloom)
avatar
Bianca Johnson
Semideus

Mensagens : 532
Pontos : 1105
Reputação : 12
Data de inscrição : 05/03/2011
Idade : 21
Localização : Acampamento Meio-sangue

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
9/10  (9/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 7 - Apolo

Mensagem  Laís Massoglia em Qua Jun 06, 2012 8:30 pm


in time we'll kiss the world goodbye, falling down on all that I've ever known, is all that I've ever known

you tell me that you need me then you go and cut me down [...]
Assenti a cada palavra que ela dizia, tentando entender tudo o que ela devia ter passado e sei como posso ser difícil encarar à tudo isso, desse jeito assim, tão despreparados na época. Você acredita mesmo nisso?, uma voz de súbito preencheu meu cérebro e eu tinha plena certeza que não veio de nenhum dos meus comandos, acham mesmo que estão preparados agora? Coloquei as mãos sobre a cabeça, começando a ver tudo embaçado e tudo que estava à volta girar, com todos os sons modificados. Aposto que você nunca viu as coisas que eu vi, semideusinha, a voz respondeu ríspida em meu cérebro, nunca sentiu o que eu senti. O quê diabos está acontecendo? Eu não sei responder, mas a voz masculina respondeu por mim: Mas você verá e sentirá, eu garanto. Como todos os filhos da put* como vocês deveriam sofrer. A voz era rude, masculina e também jovem. O ódio era predominante em cada palavra que soltava em minha mente, até que de palavras, passou por imagens. Eu só vi tudo cair, o mundo desmoronar e eu entrar em outro lugar. Bianca havia sumido, o chalé havia sumido, o acampamento e consequentemente, a voz na cabeça também. Franzi o cenho para o lugar, confusa, olhando para todos os cantos tentando ver onde estava, mas no fundo, sentia uma espécie de dèjá vu se florescendo no meu peito. Era uma floresta... do acampamento? Não, essa era diferente, eu acho. Mas mesmo assim, eu já sentia que já pisei aqui, já senti o aroma de folhas molhadas aqui, de já ter corrido por aqui... Ou melhor, fugido por aqui. Meu amigo já encontrou você faz muito tempo, a voz voltou a entonar, dessa vez vindo atrás das árvores, e ele gostou muito de você... Mas parece que você não gostou muito dele, porque, hein? Olhei para minhas mãos angustiada, procurando ver se estava com o arco e flecha ou com qualquer outra arma, até mesmo na bainha não havia nada. Comecei a me desesperar. Então, eu o encontrei e viramos muito, muito amigos, sabe, ele voltou a falar, e nada que eu possa dizer pode parar a sede de vingança dele. Não sabia de quem ele estava falando. Amigo? Quem é esse amigo dele? E ninguém nunca gostou de mim e pelo que sei, nunca fiz mal a ninguém a esse ponto. Ele está vivo e eu também estou, uma risada sórdida tomou conta do lugar, vou te fazer lembrar do meu rosto para sempre no submundo, te quebrando de mil maneiras diferentes e você pode não conhecer os outros de nós, mas em breve, linda, você vai. O vento da floresta começou a aumentar muito e as sombras foram tomando conta do lugares, mas mesmo assim, em baixo de uma árvore havia uma luz dourada. Não era uma luz dourada bonita ou uma que passasse algum certo conforto, por outro lado, era um dourado doentio e o cheiro que vinha dali era pútrido. E vendo que a voz vinha dali, comecei a correr o mais rápido possível, com a voz me acompanhando atrás: Nós nos tornamos invencíveis! Nós iremos te descartar! A voz aumentava a cada medida que eu corria. Nós iremos te levar para uma inocente passeio... Ele se reergueu, eu me reergui, vocês não esperam isso, não é mesmo? Então, sentindo uma garra gigantesca me pegar por trás, eu acordei. Eu havia desmaiado e abrindo os olhos, a última fala foi ecoando pelo chalé: É difícil parar o que você não pode ver.

[...] bet you've never seen the things that I've seen

I can be your star, let me take a hit of it, gimme just a little bit, I can be your lie today
avatar
Laís Massoglia
Semideus

Mensagens : 446
Pontos : 4637
Reputação : 29
Data de inscrição : 17/01/2011
Idade : 24
Localização : Santos, SP

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
10/10  (10/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 7 - Apolo

Mensagem  Bianca Johnson em Qua Jun 06, 2012 9:14 pm

In your eyes, your eyes, I can see in your eyes... You make me wanna die. Will I never be good enought for you?

Bianca Jonhson § Level 9 § Daughter of Athena

Estranho quando ela coloco as mãos na cabeça. Laís? Você está bem? Mas a surpresa de verdade vem logo depois, quando ela simplesmente desabou do beliche, indo direto para o chão. Felizmente, fui rápida o suficiente para jogar dois travesseiros, que estavam em cima da cama onde me encontrava, no local onde calculei sua queda. Felizmente, ela caiu em cima deles, e o impacto não foi tão grande. Fui até ela, vendo a pulsação, mesmo que eu não seja especialista nisso, e chamando seu nome sem parar. Quado me levantei para ir buscar ajuda, vi-a se levantando, meio grogue, e fui até ela. Laís Massoglia, me conte agora o que está acontecendo. E não me venha dizer que está tudo bem, porque eu sei que não está. Posso ver em seus olhos que você está se sentindo mal. Falo, assim que a vejo um pouco melhor. A preocupação está estampada em meus olhos.



Formatação por: Agnes (Bethany Bloom)
avatar
Bianca Johnson
Semideus

Mensagens : 532
Pontos : 1105
Reputação : 12
Data de inscrição : 05/03/2011
Idade : 21
Localização : Acampamento Meio-sangue

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
9/10  (9/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 7 - Apolo

Mensagem  Laís Massoglia em Qua Jun 06, 2012 9:50 pm


in time we'll kiss the world goodbye, falling down on all that I've ever known, is all that I've ever known

you tell me that you need me then you go and cut me down [...]
Coloquei as mãos sobre a cabeça, resmungando alto pela dor alucinante que sentia agora, com direito a dor pelo todo corpo, para variar. Especialmente as costas, na região aonde recebi a garra, então, subitamente coloquei as mãos nas costas na esperança de sentir algo. Não sentia nada, mas levando as mãos para vê-las, percebi que estavam todas vermelhas. Olhei para Bianca deixando o sangue de minhas mãos começar a pingar na minha roupa e no chão do chalé. Eu... não sei. - consegui dizendo, ainda com as mãos tremendo e lentamente fui me levantando, me virei trêmula de costas para Bianca. - O que você está vendo? É muito sangue? É um corte muito feio? - perguntei assustada. A dor veio como um baque ensurdecedor em seguida, aumentando cada vez mais, fechei meus olhos enquanto tentava não demonstrar nada em meu rosto. Mas sabia que o gemido de dor que dei em seguida entregou tudo. Olhando para baixo, consegui ver vários pontos escarlate pelo chão. Era o meu sangue.

[...] bet you've never seen the things that I've seen

I can be your star, let me take a hit of it, gimme just a little bit, I can be your lie today
avatar
Laís Massoglia
Semideus

Mensagens : 446
Pontos : 4637
Reputação : 29
Data de inscrição : 17/01/2011
Idade : 24
Localização : Santos, SP

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
10/10  (10/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 7 - Apolo

Mensagem  Bianca Johnson em Qua Jun 06, 2012 10:19 pm

In your eyes, your eyes, I can see in your eyes... You make me wanna die. Will I never be good enought for you?

Bianca Jonhson § Level 9 § Daughter of Athena

Meu olhar se tornou ainda mais aterrorizado quando vi o sangue saindo de algum ponto atrás dela. Me movi até poder ver suas costas. Vi o sangue saindo loucamente, mas não foi isso que me aterrorizou mais: na pele à mostra, havia uma pequena frase, cortada em sua pele. Uma frase sombria e assustadora. La-Laís. Gaguejo. O que exatamente está acontecendo? Quem ou o quê cortou suas costas? Quem escreveu em você? Ela me olha, confusa, enquanto meu olhar está fixado em suas costas. Tento espantar a perplexidade, mas não sei se conseguirei, totalmente. "O mundo não precisa da luz que se apagará". O que isso pode significar? Levanto-me, pegando um lençol e limpando o sangue o melhor que pude, sem machucá-la. Mas ouço seus gemidos de dor. Laís, fale tudo. Se deixar escapar um detalhe, vai se ver comigo se eu descobrir.



Formatação por: Agnes (Bethany Bloom)
avatar
Bianca Johnson
Semideus

Mensagens : 532
Pontos : 1105
Reputação : 12
Data de inscrição : 05/03/2011
Idade : 21
Localização : Acampamento Meio-sangue

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
9/10  (9/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 7 - Apolo

Mensagem  Laís Massoglia em Qua Jun 06, 2012 10:53 pm


in time we'll kiss the world goodbye, falling down on all that I've ever known, is all that I've ever known

you tell me that you need me then you go and cut me down [...]
O mundo não precisa da luz que se apagará. Essa frase... está se referindo a mim? Possivelmente e talvez obviamente, sim, pois a mensagem foi colocada diretamente na minha carne e a de mais ninguém. Nós iremos te descartar, irão me matar, te quebrando de mil maneiras diferentes, serei esquartejada viva, vou te fazer lembrar do meu rosto para sempre no submundo, estarei morta nesse tempo. Sem esperar ela terminar de limpar meus machucados, me sento na cama, olhando desolada para o sangue que pinga de mim e o chão abaixo. Depois de um belo tempo, percebendo que ela falava comigo, levantei o olhar e olhei para ela. Eu não sei quem estava falando comigo e o porquê dele ter escrito isso nas minhas costas. - respondi sinceramente. - Eu só sei que ele e um tal amigo querem vingança. Concluí que depois disso, só piorei as coisas, deixando-a mais confusa. Eu não sei de mais nada e estou bem, sério. - menti, descartando a ideia de falar que queria agora pouco me cortar com uma tesoura. - Eu quero dizer, eu estava bem... Eu sinceramente não sei o que esse garoto quer... E então, resolvi contar meia parte do que ouvi e vi, em parte para resumir e não ficar tão grande. E outra, por não querer falar tudo. Eu não sei que amigo é esse. - falei. - Nem sei porque tive essa espécie de... Sei lá o que! Eu só... ai... - resmunguei, percebendo que as costas começaram a arder mais do que nunca. - Eu vou para a enfermaria cuidar disso. Eu preciso tirar isso do meu corpo agora. Quando fui me levantar e Bianca veio me ajudar, fui imediatamente falando: Você não precisa ir comigo, sério. Mas você não vai contar pra ninguém o que viu e ouviu aqui, entendeu? - disse séria para ela. - Você não vai me ajudar espalhando para o acampamento sobre o que viu aqui. Não vai acontecer nada, além de estranharem e falarem para eu tomar cuidado. Então, não faça isso, me entendeu? Eu mereço um pouco de espaço e isso é uma coisa minha, mais ninguém precisa saber.

[...] bet you've never seen the things that I've seen

I can be your star, let me take a hit of it, gimme just a little bit, I can be your lie today
avatar
Laís Massoglia
Semideus

Mensagens : 446
Pontos : 4637
Reputação : 29
Data de inscrição : 17/01/2011
Idade : 24
Localização : Santos, SP

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
10/10  (10/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 7 - Apolo

Mensagem  Bianca Johnson em Qua Jun 06, 2012 11:09 pm

In your eyes, your eyes, I can see in your eyes... You make me wanna die. Will I never be good enought for you?

Bianca Jonhson § Level 9 § Daughter of Athena

Olho em seus olhos, e sei que tem algo a mais. Mas não quero perguntar mais nada. Apenas assinto enquanto ela fala, e, quando ela está para sair do chalé, tento acompanhá-la, mas ela não deixa. Assim que ela começa a me pedir para não falar nada, apenas faço que sim com a cabeça. Eu não sou a mesma garota de antes, Laís. Não falo tudo o que sei, nem fico implicando com os outros. Eu mudei. Sei que ninguém pode e ajudar agora, mas, de qualquer jeito, vou estar do seu lado. E parte disso inclui manter a boca fechada. Encaro-a com seriedade. Vou fazer a sua arma o mais rápido possível. Mas, de qualquer jeito, ande armada, para onde for.



Formatação por: Agnes (Bethany Bloom)
avatar
Bianca Johnson
Semideus

Mensagens : 532
Pontos : 1105
Reputação : 12
Data de inscrição : 05/03/2011
Idade : 21
Localização : Acampamento Meio-sangue

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
9/10  (9/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 7 - Apolo

Mensagem  Laís Massoglia em Qui Jun 07, 2012 12:02 pm


in time we'll kiss the world goodbye, falling down on all that I've ever known, is all that I've ever known

you tell me that you need me then you go and cut me down [...]
Me sinto realmente agradecida ao ouvir as palavras que saíram de sua boca, mas mesmo assim, no fundo não me convenceram ao todo. Não quero ser vigiada por todos ou virar o centro de atenções por isso, se isso for possível, mas de qualquer maneira, eu posso e irei lidar com tudo isso sozinha. Eu acho que todos mudaram. - respondi enquanto ia me preparando para a enfermaria, colocando um casaco grosso em cima do corpo, não me importando de quanto sangue iria ficar marcado nele depois. - Eu também mudei. Então, ajustando bem o casaco ao corpo e me certificando de que o sangue não transparecesse atrás, comecei o passo até a saída do chalé. Mas antes, me virei e por breve momento, encarando-a nos olhos e comecei a me despedir: Obrigada. - disse com a voz mais calma possível, apesar das dores e do medo oculto. - Obrigada por me entender. E assim fui saindo para fora do chalé rapidamente até a enfermaria, correndo todos os riscos possíveis.

[...] bet you've never seen the things that I've seen

Mutual sight, mutual sound, mutual struggle. I'm just another one for them to break down
avatar
Laís Massoglia
Semideus

Mensagens : 446
Pontos : 4637
Reputação : 29
Data de inscrição : 17/01/2011
Idade : 24
Localização : Santos, SP

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
10/10  (10/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 7 - Apolo

Mensagem  Laís Massoglia em Dom Jun 10, 2012 5:45 pm


the world is breaking down and I cannot leave the ground, I am worldless and no one can save us now

and it hurts again what I fear and what I try, words I say and what I hide all the pain, I want it to end but I want it again
and it finds me, the fight inside is coarsing through my veins and it's raging, the fight inside is breaking me again

Eu não deveria chorar. Eu não deveria fugir. Eu não deveria ser frágil. Mas tudo era uma avalanche contra mim, me pegando sempre desprevenida e fraca, sem nenhuma defesa. Você não pode fazer isso! - eu gritava para a voz enquanto corria aos choros. Um riso sórdidos tomou conta da minha cabeça. Ah, mas eu posso, riu a voz novamente, e se você não seguir o que eu digo, tudo o que você menos quer irá se realizar. Cheguei no meu chalé e pude ver uma garota lá, mas quando viu meus olhos vermelhos e do estado que me encontrava, deve ter entendido de que queria apenas a solidão. Entrando no chalé, não havia mais ninguém, mais nenhum sinal de vida humana a não ser eu. Era melhor assim, sem ninguém por perto; apenas eu e consequentemente, a voz. Me sentei pesadamente na cama, olhando para o vazio, pensando no que fazer a partir de hoje. Eu escuto o que todos falam, mas a partir de hoje, não emitirei mais nenhum som. Alguns dizem que precisam de mim, mas outros simplesmente vão e me cortam, me derrubando. Eu era a garota curiosa, corajoso e orgulhosa. Hoje, minhas qualidades foram embora, mas o orgulho não foi. "O orgulho destruirá nós dois em pedaços", dizia minha mãe. Ah, mas eu também errei e erro agora também. Mais do que nunca. Agora é tarde mais para pedir desculpas. Eu sei, eu sei. Agora é tarde demais para reconstruir tudo o que já fui. Pude ouvir um risinho abafado. Atitudes mudam uma vida inteira, a voz proferiu, atitudes também matam.

+++


Seu pai era um fraco, um homem com uma cicatriz dizia, mas se tanto quer, iremos vingá-lo. Era um sonho lúcido como diziam, eu poderia controlá-lo, se quisesse, mas nesse, era diferente. Eu não podia fazer nada, apenas era uma observadora, mas não conseguia ver direito tudo. Minha visão estava embaçada. Mas conseguia ver que era um homem e um rapaz conversando. Mas..., o menino começou a falar, parando de repente, se virando diretamente para mim, você! Eu não tive nenhuma reação, mas pude sentir minhas mãos congelar lentamente e meu corpo ficando extremamente rígido. Fico pensando se é assim a sensação de ser petrificado. SAIA DO MEU SONHO!, ele começou a gritar, VOCÊ NÃO DEVIA ESTAR AQUI!

+++


Acordar foi como receber um balde de água gelada diretamente na cara. Com um impulso incrivelmente forte e arfando violentamente, acordei me debatendo, quase caindo da cama de tanta agitação. Comecei a sair da cama, tentando recuperar a respiração que estava extremamente irregular, então comecei a me desesperar, em busca de ar. Então, você pode ver que meus sonhos não são vazios como minha consciência parece ser. Era como se eu estivesse me afogando, só que sem água nenhuma ou então, alguém me enforcando. Qualquer coisa que me importasse antes, agora não era nada, eu apenas queria ar. Ninguém sabe como é ser o cara mau, a voz rosnou, quando tudo isso foi destinado antes mesmo de você nascer. E com um baque surdo no chão, minha respiração voltou.



I don't know if you can never be afraid to live with the lies of pain
avatar
Laís Massoglia
Semideus

Mensagens : 446
Pontos : 4637
Reputação : 29
Data de inscrição : 17/01/2011
Idade : 24
Localização : Santos, SP

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
10/10  (10/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 7 - Apolo

Mensagem  Jenny Abrams em Dom Ago 05, 2012 5:12 pm

Jenny Abrams ::: Filha de Afrodite ::: Nivel 06



Depois de deixar minhas coisas em cima da minha cama, tomei um banho rápido e me troquei colocando uma camiseta limpa do acampamento e um short jeans. Queria ver tanta gente, mas pelo jeito não estava com muita sorte, não havia encontrado Sophie ou qualquer outra das minhas irmãs, a área dos chalés estava vazia. Só me restava tomar alguma atitude e entrar no chalé de Apolo.
Abri a porta com calma e olhei diretamente para a cama de Adam, o mesmo parecia dormir calmamente, sorri entrando em silencio no chalé, por sorte não havia ninguém por ali. Me sentei ao seu lado na cama e passei meus dedos com delicadeza por seus cabelos. Como havia sentido falta daquele garoto. Adam parecia calmo e até mesmo sorriu com o carinho, me aproximei um pouco mais lhe dando um selinho cheio de saudades e carinho. Queria acorda-lo, mas ao mesmo tempo achava aquela cena tão fofa. – Se soubesse que estria dormindo teria vindo mais cedo. – Disse baixo enquanto fazia desenhos abstratos em seu braço.




avatar
Jenny Abrams
Semideus

Mensagens : 146
Pontos : 750
Reputação : 5
Data de inscrição : 16/09/2011
Idade : 25

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
6/10  (6/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 7 - Apolo

Mensagem  Adam Sullivan em Dom Ago 05, 2012 7:34 pm


You are the only one. Don't forget it.

No fundo de um sonho qualquer que eu estava tendo, senti seu toque. Jenny. Ela fora embora, para estudar, alguns meses antes, e até hoje não voltara. Provavelmente lembranças dela estavam se confundindo em meus sonhos. Ouvi sua voz, e parecia tão real... Não. Não parecia real. Era real. Acordei rapidamente, vendo Jenny ali. Apenas sentei-me rapidamente e abracei-a, aninhando-a entre meus braços. Senti sua falta... Murmurei.
avatar
Adam Sullivan
Semideus

Mensagens : 67
Pontos : 0
Reputação : 5
Data de inscrição : 25/10/2011
Idade : 27

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
0/10  (0/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 7 - Apolo

Mensagem  Jenny Abrams em Dom Ago 05, 2012 7:45 pm

Jenny Abrams ::: Filha de Afrodite ::: Nivel 06



Não tanto eu senti a sua. - Disse me afastando do seu abraço para lhe dar um beijo calmo. Passei minhas mãos por seus cabelos e assim que me afastei o olhei sorrindo. Ainda era o meu menino. Voltei a me ajeitar em seu abraço, dessa vez me ajeitando na cama e cobrindo minhas pernas. - As coisas nesse chalé parecem ter mudado, temos mais filhos de Apolo agora? - o Abracei pela cintura e descansei meu queixo em seu peito o olhando sorrir. - Vou dormir aqui essa noite, tudo bem?




avatar
Jenny Abrams
Semideus

Mensagens : 146
Pontos : 750
Reputação : 5
Data de inscrição : 16/09/2011
Idade : 25

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
6/10  (6/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 7 - Apolo

Mensagem  Adam Sullivan em Dom Ago 05, 2012 7:57 pm


You are the only one. Don't forget it.

Observei as outras camas. Nem tantos. Apenas eu, Naiely e outros dois. Disse, ajudando-a a se ajeitar na cama. Claro que pode dormir aqui. Porque não poderia? Provavelmente meus irmãos não vão se incomodar. Com exceção de Naiely, penso comigo mesmo, mas não há nada que eu possa fazer sobre isso.
avatar
Adam Sullivan
Semideus

Mensagens : 67
Pontos : 0
Reputação : 5
Data de inscrição : 25/10/2011
Idade : 27

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
0/10  (0/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 7 - Apolo

Mensagem  Jenny Abrams em Dom Ago 05, 2012 8:34 pm

Jenny Abrams ::: Filha de Afrodite ::: Nivel 06



Me sentei na cama e mexi no cabelo de forma impaciente, eu ainda não tinha contado a Adam as novidades. E não sabia exatamente como ele iria lidar com elas. Olhei para ele de forma ansiosa e me virei me sentando em suas pernas para que ficasse de frente com ele. – Eu preciso te contar
R algumas mudanças nos meus planos. – Adama se ajeitou na cama me olhando confuso. – Eu larguei a faculdade de moda e desisti de trabalhar com isso. A vida lá fora não foi tão fácil, tive que fugir de alguns caçadores nos últimos dois meses, por isso sumi e não dei noticias. Fora isso, eu pensei em conversarmos com a Jodelle e sairmos em mais missões, somos dos mais velhos e eu ainda não sai em nenhuma missão.



avatar
Jenny Abrams
Semideus

Mensagens : 146
Pontos : 750
Reputação : 5
Data de inscrição : 16/09/2011
Idade : 25

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
6/10  (6/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 7 - Apolo

Mensagem  Laís Massoglia em Sab Ago 18, 2012 3:25 pm

is falling down on all that I've ever known
in time we'll kiss the world goodbye
a dying scream makes no sound





Eu não me lembro do resto, eu não me lembro de nada, nem ao menos processar meu nome agora eu conseguia. A dor é um animal faminto, me comendo por fora e por dentro, tão rapidamente que não chega a ser real. Mas, realmente, nada agora é real. Eu me afundei em mundo surreal inacreditável em que apenas meu sofrimento continua intacto, menos minha sanidade, aliás essa palavra não existe aqui. Eu via o teto do meu chalé acima de meus olhos, enxergava o sol, enxergava meu pai, enxergava minha última esperança. Meu corpo continuava deitado, incapaz de movimentar um músculo, como se eu estivesse morta. Morta. Talvez eu esteja mesmo, não é? Meu corpo não se mexe, não comando mais ele nem ao menos meus pensamento, aliás, eu não sinto ter ele. Eu não sinto estar no meu corpo, eu não sinto estar em nenhum lugar, talvez eu seja somente um espírito ou qualquer coisa do gênero. Você está certa, a voz disse, está morta. Gemi de dor, virando o corpo para o lado. Seu corpo não é mais seu, continuou, muito menos a sua mente. Eu tentei abrir a boca para responder, mas minha voz não saía e no final, acabei me engasgando e contorcendo o corpo para frente com um gosto nauseante na garganta. Você não pode sentir nada além de seu próprio poço de dor miserável, a voz dessa vez gritou, nada além de sua desgraça de merda. Me levantei, com os pés balançando, como uma bêbada e como o esperado, desabei no chão. Não senti o chão bater contra meu corpo, não senti ao menos o toque das mãos se chocando contra o chão frio, apenas senti a dor em meu peito aumentar sufocantemente. Doía demais e com muito esforço, girei o corpo para o lado novamente, ficando deitada de barriga para cima. Não havia ninguém no chalé. Estranho. Ou talvez não, se tratando que eu estava morta e ninguém se importa com mortos. Comecei engatinhar até o banheiro do chalé, com a cabeça girando a voz sussurrando mais uma vez em minha cabeça, mas não entendia nenhuma de suas palavras. Mas você ainda não está totalmente morta, ele disse, mas está no estágio final. Sem nexo. Eu já havia chegado ao fim. Não há mais lugar nenhum a se chegar. E ah, eu farei questão de te levar até lá, eu não duvidava disso mesmo, espero que curta seus últimos momentos. Com a dor no peito e a da cicatriz das costas aumentando, parei de engatinhar e me joguei novamente no chão, me contorcendo e virando a cabeça para todos os lados. E depois de um segundo, não tinha mais noção de nada.





i cry the rain that fills the ocean wide
i tried to talk with God to no avail
called him up in-and-out of nowhere
avatar
Laís Massoglia
Semideus

Mensagens : 446
Pontos : 4637
Reputação : 29
Data de inscrição : 17/01/2011
Idade : 24
Localização : Santos, SP

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
10/10  (10/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 7 - Apolo

Mensagem  Jack Brown em Qua Set 12, 2012 10:01 pm

Fazia tempo que não a procurava. Até mesmo tempo demais comparado a sua situação em quando chegamos e em ser minha melhor amiga. Mas pensando bem, acho que ela poderia entender, e eu poderia entender, afinal eu estava preocupado com Bethany que também chegara extremamente fraca e precisava rever meu filho um pouco, além do estado em que James se encontrava quando o vi. Parecia que tudo estava caindo novamente depois de três anos, tudo ficando ruim novamente aos poucos de modos diferentes. Mas agora eu procurava por Laís, sendo mais provável que estivesse em seu chalé. Freddie me acompanhava por uma das poucas vezes não tentando correr. Ele havia completado dois anos no mês passado e fora um tanto ruim comemorar isso com sua mãe ainda cheia de feridas, mas ele não parecia se importar com nada, ou pelo menos aparentava não se importar. Invejava essa inocência, mas infelizmente nunca tive em minha vida muito tempo para não me preocupar, pois as habilidades da vida começaram a se mostrar realmente cedo para mim. Laís, está aí? — perguntei na porta do chalé. Bati na porta três vezes logo depois esperando que estivesse lá.
avatar
Jack Brown
Semideus

Mensagens : 668
Pontos : 1759
Reputação : 40
Data de inscrição : 08/03/2011
Idade : 26
Localização : Los Angeles, CA

Ficha do personagem
Inventário:
Nível do personagem:
10/10  (10/10)

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Chalé 7 - Apolo

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum